Como se preparar para um Parto Domiciliar

Publicado por Doula Brasil em

Foto de parto domiciiliar e humanizado

Como se preparar para um Parto Domiciliar

parto-domiciliar-humanizado-1024x680 Como se preparar para um Parto Domiciliar

A procura pelo parto domiciliar tem sido cada vez mais frequente entre gestantes que desejam viver a experiência da humanização do nascer, respeitando as escolhas da mulher e seu protagonismo. O ato de parir em casa remonta uma velha tradição vivida pelas nossas ancestrais, quando o parto era realizado por parteiras e na presença de mulheres que pertenciam ao núcleo familiar, comunidade ou de convivência da parturiente. Nesse contexto, prevalecia o respeito pelo momento de dar a luz, enquanto evento biológico e fisiológico.

A retomada da demanda pelo parto domiciliar atrela-se ao crescimento da discussão sobre o parto humanizado, que também prega em sua filosofia o poder de decisão da mulher sobre como, onde e quando deseja receber seu filho. Sendo assim, parir em casa tem sido sinônimo de segurança, acolhimento e lugar de protagonismo da futura mãe.

Para garantir um trabalho de parto tranquilo, sem riscos e que atenda os desejos da gestante, é importante que ela se prepare adequadamente para esse momento – apesar de não ser obrigatório. Sendo assim, separamos as principais recomendações necessárias para um parto domiciliar:

● Assistência de equipe multidisciplinar

equipe-para-parto-domiciliar-768x512 Como se preparar para um Parto Domiciliar

A presença de profissionais especializados na saúde da mulher é essencial para garantir a segurança de um parto em casa. Os principais órgãos de saúde recomendam que a equipe de acompanhamento seja multidisciplinar, composta por enfermeira(o) obstétrica(o), obstetras e/ou fisioterapeutas pélvicos, entre outros. Além de realizar o parto, a equipe também saberá a necessidade (ou não) de intervenções médicas ou de ir para o hospital.

● Preparação do ambiente

Não é preciso muitas alterações no local; afinal, a ideia de optar por um parto domiciliar é receber o bebê no conforto da sua casa. A principal recomendação relacionada à preparação do ambiente é criar um espaço em que a mulher se sinta bem, com liberdade para se movimentar da forma que ela quiser. Logo, é essencial que a gestante participe da arrumação de seu lar para o parto, optando por: iluminação, música, equipamentos de suporte (como banheira, piscina ou lençóis), entre outros.

● Educação Perinatal

A Educação Perinatal é um processo que envolve a preparação de futuras mães (como também seus acompanhantes) para os períodos da gestação, parto e puerpério. É um ensinamento que propõe o conhecimento técnico-científico, fisiológico, psicológico e emocional para gestantes que desejam entender mais sobre os processos que irão passar.

Logo, investir em Educação Perinatal também é importante para mulheres que desejam ter um parto domiciliar. Por ser um estudo que se inicia desde o pré-parto, a futura mãe se prepara adequadamente para o momento de dar à luz, conhecendo as individualidades do seu corpo e da sua mente. Ademais, ela também terá maior noção dos seus desejos e que decisões tomar para ter uma boa experiência de parto.

Sabendo da importância desse tipo de conhecimento, a Doula Brasil oferece Cursos de Educação Perinatal para Gestantes. Venha se conhecer como mulher e gestante com o nosso conosco!

● Acompanhamento de Doula

doula-parto-em-casa-768x447 Como se preparar para um Parto Domiciliar

Apesar de não ser obrigatório, a presença de uma Doula é bastante recomendada em partos domiciliares, pois ela se compromete em acompanhar a gestante durante toda sua gestação, até o parto e o puerpério. Dessa forma, ela trabalha na preparação da mulher para o tão esperado momento de parir.

Para garantir a melhor experiência de parto para sua gestante, a Doula tem um papel importantíssimo de fornecer suporte educacional. Ou seja, ela leva à futura mãe diversos conhecimentos – baseados em evidências científicas – relacionados principalmente aos procedimentos do parto e induções médicas necessárias e desnecessárias, conduzindo a mulher a ser protagonista do seu próprio parto. Além disso, a profissional exercita a fisiologia, o psicológico e o emocional da gestante. Assim, ela trabalha com massagens e técnicas de respiração que visem o relaxamento do corpo e da mente da mulher.

Portanto, a Doula preza pelo bem-estar e protagonismo da parturiente. Vale ressaltar que essa profissional não tem a responsabilidade de realizar o parto ou qualquer procedimento médico necessário. Porém, ter seu acompanhamento garante um momento de dar à luz mais respeitoso e humanizado.

Se interessou pelo assunto?

Se profissionalize e/ou tenha o acompanhamento de uma doula


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *