ads

Por que ter uma doula no meu parto?

Publicado por Doula Brasil em

Por que ter uma doula no meu parto

Por que ter uma doula no meu parto?

parteira-enfermeira-obstetrica-parto-domiciliar Por que ter uma doula no meu parto?

A gravidez é um momento muito especial para a mulher. Contudo, também é uma fase delicada; a chegada de um novo ser altera principalmente seu psicológico, além do seu físico. Portanto, o papel da doula para com a futura mãe é justamente acompanhá-la em todos os processos da gestação, auxiliando-a no controle das suas emoções e do seu próprio corpo no pré parto, nascimento e pós-parto.

A doula se compromete em estar sempre em contato com a gestante, para fornecer todo o tipo de amparo emocional e entender tudo que deseja em sua gravidez. Dessa forma, ela entende todos os sentimentos bons e ruins da mulher, todas suas alegrias e todas suas angústias. Ao entender seu psicológico nesse momento sensível, a doula auxilia no preparo da mente da futura mãe para parir e receber seu filho de uma forma tranquila e natural.

A grande maioria das mulheres que contratam uma Doula levam em consideração o desejo de ter uma experiência de parto positiva. Dessa forma, ela exerce seu papel pedagógico de ensinar a gestante sobre os procedimentos e intervenções médicas necessárias e desnecessárias, para que ela saiba os limites do seu corpo. Assim, a doula conduz a gestante para um parto mais humanizado possível. 

Cass-birth Por que ter uma doula no meu parto?

Logo, é importante lembrar que a doula não exerce o trabalho de parteira ou de enfermeira obstétrica. Seus serviços são voltados para a mulher e para o trabalho de seu psicológico, que garanta seu total protagonismo.

A Doula Brasil oferece cursos e rodas de conversas especialmente para as gestantes. Caso você esteja no processo de gravidez e se interesse em contratar uma doula, venha conhecer o nosso trabalho de Suporte à Gestantes!

Fontes:

https://bebe.abril.com.br/gravidez/entenda-qual-e-o-papel-da-doula/

Parto, Aborto e Puerpério – Assistência Humanizada à Mulher, 2001

Se interessou pelo assunto?

Se profissionalize e/ou tenha o acompanhamento de uma doula